domingo, 3 de março de 2013

Vicente Falconi

FRASES E CITAÇÕES DE VICENTE FALCONI – engenheiro e consultor organizacional brasileiro.
Falconi tem uma visão simples e objetiva da Gestão.

LIDERANÇA

“Nem mesmo o melhor método consegue sucesso se a liderança da organização não faz acontecer. É preciso compromisso, porque os lideres tem que motivar as equipes e enfrentar as resistências. Para isso é preciso levar em consideração o impacto da cultura organizacional, trabalhando com muita franqueza para identificar os problemas e auxiliando a organização na elaboração dos planos de ação.”


EXECUTAR – FAZER –GERENCIAR

“O que falta nas empresas é execução, mas principalmente, fazer o que precisa ser feito. Nós precisamos começar a executar”

“A cultura da não execução é uma coisa dramática, ainda mais quando existe a cultura da procrastinação. O fato fundamental é o seguinte: se eu não executar, nada acontece”. “Afinal, o que é gestão?”, questiona. “Gestão é promover resultados, é resolver problemas, promover mudanças, buscar métodos. Você não consegue mudar uma meta, sem fazer gestão”.

“A busca por resultados é paralela à busca por conhecimento”


MÉTODO PDCA

“O ciclo PDCA é um método que visa controlar e conseguir resultados eficazes e confiáveis nas atividades de uma organização. É um eficiente modo de apresentar uma melhoria no processo. Padroniza as informações do controle da qualidade, evita erros lógicos nas análises, e torna as informações mais fáceis de entender. Pode também ser usado para facilitar a transição para o estilo de administração direcionada para melhoria contínua.”


DESAFIOS

“Sua META é ser melhor do mundo naquilo que você faz. Não existem alternativas.”

“A prática dos métodos e técnicas da gestão da qualidade, por um número cada vez maior de pessoas, cria não só maior competitividade da economia como também maior capacidade de disseminação. Estamos criando gerentes (e futuros consultores) de elevada competência. Acredito que quanto melhor somos agora melhor seremos no futuro. O conhecimento não tem dono, é inesgotável e cresce sempre. Basta que dê frutos.”


PROBLEMA COMO OPORTUNIDADE

“A maioria das pessoas reluta em assumir que tem problemas. Mas, para melhorar continuamente, as empresas devem fazer isso mesmo quando estão satisfeitas com seus resultados. É uma maneira de perseguir algo sempre mais ambicioso. “Se uma empresa quer vender mais, terá que declarar como problema o baixo volume de vendas mesmo que o desempenho dos vendedores seja considerado ótimo”. Algumas empresas utilizam do conceito “problema”, como uma oportunidade para desenvolver melhorias na sua operação.”

“Uma das maneiras de inspirar as pessoas a buscar o melhor resultado é fazer com que todos estabeleçam uma “lacuna”. É a distância entre o momento atual e um ponto ideal, estabelecido com base no desempenho de concorrentes ou numa aspiração, como ser o maior do mundo em um determinado setor. “Os principiantes tremem diante da lacuna porque pensam que isso é meta. Não é, a lacuna ajuda a estabelecer metas, além de dar uma visão de futuro para a companhia.”


MOTIVAR OS TRABALHADORES

“Certa vez, um gerente questionou o seu supervisor, sobre como ele conseguia motivar os operadores de uma linha de montagem, dentre vários exemplos citados o que chamou a atenção do gerente foi a aplicação de metas para todos os operadores sendo essas indicadores qualitativos e quantitativos e premiações dos melhores resultados.

“Decisões com base em opiniões, em geral são desastrosas”


A PRÁTICA DO PDCA

“É preciso acreditar na disciplina da análise para estabelecer metas. É o primeiro passo do método gerencial PDCA (do inglês Plan, do, check and action). “A meta fácil demais a ser atingida não leva à busca de conhecimento. A meta impossível de ser atingida leva ao desânimo. É por isso que a meta tem de ser colocada de forma técnica”, Através da definição de um indicador de uma determinada meta o profissional realiza todas as análises como o ciclo PDCA, e o mais importante aprimora seus conhecimentos atuando como se fosse um “investigador” das possíveis soluções para esta oportunidade (problema).”


PRIORIDADES

“Quem tem muitas prioridades acaba por ter nenhuma” “É importante definir entre três e cinco metas prioritárias para perseguir e acompanhar. “Nunca mais que isso“, afirma Falconi. Do contrário pode existir uma confusão sobre o que de fato importa, o que compromete o sucesso do segundo passo do método a execução. Além das metas prioritárias existem os itens de controle que devem ser monitorados, caso ocorra grandes variações esses ítens de controles devem ser estipulados como metas prioritárias.”


GOSTAR DO QUE FAZ

“Pessoas que não gostam do que fazem tendem a “livrar-se da tarefa o mais rapidamente possível”. Seus chefes deviam fazer um favor : dar-lhes a chance de encontrar algo que amem fazer, colocando-as à disposição de outro departamento ou, simplesmente, mandando-as embora” Neste caso, se usa muito a expressão “está no sangue” ou a de “dono do negócio”, este profissional realmente gosta do que faz e conquista os melhores resultados.”





Veja neste link a matéria completa do Estadão sobre a Falconi, onde se pode ler que:

"A companhia (Falconi) quer seguir o exemplo de grandes consultorias internacionais, como a McKinsey: deixar de ser uma sociedade anônima (S/A) e se tornar uma partnership, ou seja, uma empresa que tem os consultores como donos e onde todos os funcionários são treinados para pensar e agir como sócios."


Voltar para o topo

Ir para a página dos meus livros























.